terça-feira, 15 de março de 2011

Seminário receberá palestrantes de outros estados


De 22 a 24 de março, será realizado o Seminário Leitura de Olhos Fechados, um evento que visa a fomentar as discussões acerca da audiodescrição, um recurso ainda novo no país, que permite a inclusão de pessoas com deficiência visual em cinema, teatro e programas de televisão. O evento receberá convidados da região e também de outros estados, como Rio de Janeiro e Ceará.
A programação do Seminário inclui conferência, mesas-redondas, debates, oficina de introdução à técnica da audiodescrição e exibições de filmes, longas e curtas. A oficina será ministrada por Graciela Pozzobon, atriz e audiodescritora, que vem do Rio de Janeiro para apresentar, demonstrar e introduzir os participantes à técnica da audiodescrição. Desde 2003, Graciela coordena uma equipe responsável pela produção de roteiros e narração em audiodescrição.
Já para as mesas-redondas, os participantes poderão contar com dois pesquisadores do Ceará. Um é Klístenes Bastos Braga, mestre em Lingüística Aplicada, que abordará, em sua fala, sobre a produção de DVDs acessíveis e a construção de uma videoteca acessível, além de abrir discussões acerca do panorama da pessoa com deficiência visual no Brasil e a questão mercadológica envolvendo esse público.
Outra pesquisadora é a Bruna Alves Leão, que desenvolve trabalhos na área de “Audiodescrição ao Vivo: Teatro Acessível para o Público com Deficiência Visual”. Durante sua participação em uma mesa-redonda, Bruna falará sobre os desafios da tradução audiovisual do teatro por meio da audiodescrição ao vivo; a formação de uma nova platéia, a partir do acesso do público infantil com deficiência visual aos meios audiovisuais; e ainda a autonomia, a socialização e a integração desse público com as artes cênicas.
O Seminário faz parte do projeto Leitura de Olhos Fechados, uma realização da Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria de Cultura, em parceria com a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, e patrocínio do Governo Federal, Banco do Nordeste e BNDES, por meio do Programa BNB de Cultura.
Informações, pelos telefones (77) 3422-3929 e 3421-9165.
Fonte: assessoria de imprensa do projeto

Um comentário:

  1. Parabéns,Bruna e Klístenes. Espero que vcs promovam a AD mais e mais.

    ResponderExcluir